Breve coletânea de medos

IMG_2660

Ilustração: Adriana Nascimento

A menina grita de medo, descobriu à pouco que não é mais criança
Medo represado, renovado, reservado
Medo de morrer
Medo de não viver tudo
De viver e não ver
De ver e não fazer nada
Medo de sucumbir à covardia
De não abrir nunca o quarto escuro das piores mágoas
De construir muros e dos muros já construídos
Medo de não me permitir amar, nem que me amem.